Plástica de Areóla e Mamilo

O mamilo invertido gera prejuízos estéticos, bem como para a amamentação. O bico da mama pode estar para dentro de um ou dos dois lados. O procedimento pode ser efetuado após o término do crescimento mamário. A cirurgia é realizada em caráter ambulatorial, sob anestesia local e a paciente retoma suas atividades no dia seguinte. Normalmente não interfere na sensibilidade do mamilo, mas em determinados casos, há a perda provisória ou mais raramente definitiva de sua sensibilidade.

As assimetrias de posição ou tamanho do complexo aréolo-mamilar também são abordadas em caráter ambulatorial. Em procedimentos que envolvem a manipulação da forma e volume dos tecidos mamários (mamoplastia redutora, mastopexia ou inclusão de implantes mamários) as alterações aréolo-mamilares também podem ser abordadas.

A reconstrução com complexo aréolo-mamilar após cirurgia oncológica mamária constutui etapa importante do tratamento das seqüelas deixadas pelo câncer de mama. O mamilo é reconstruído, na maioria das vezes, com parte do mamilo da mama contra-lateral, cartilagem da orelha ou com a pele da própria mama reconstruída. A escolha vai depender das condições técnicas de cada caso. A aréola normalmente é reconstruída a partir da pele situada na região interna das coxas, que tem grande quantidade de melanina, ou através de tatuagem. A escolha vai depender das condições locais da pele e da técnica utilizada para reconstruir o mamilo.

Veja também: