A flacidez da pele dos braços ocorre, principalmente, por envelhecimento e emagrecimento. Existem, ainda, os casos de lipodistrofia, com acúmulo desproporcional de gordura nessa região. A prática de exercícios específicos melhora bastante o aspecto estético dos braços, porém, não é resolutiva em todos os casos, sendo a cirurgia plástica uma alternativa para estes casos. O lifting braquial pode combinar a lipoaspiração e a ressecção de excedente cutâneo, dependendo da indicação de cada caso.

Considerações Técnicas
Nos casos de excesso de gordura nos braços sem flacidez e com boa elasticidade da pele, a melhor indicação é a lipoaspiração. Quando houver flacidez, geralmente a braquioplastia estará indicada. Neste procedimento sempre haverá troca da flacidez por uma cicatriz em uma região relativamente aparente. Embora a cicatriz seja demarcada para ficar na face interna, sempre irá aparecer ao levantar os braços.

Procedimento Cirúrgico
Tanto a lipoaspiração, quanto a braquioplastia podem ser realizadas com anestesia local e sedação ou anestesia geral. A extensão das cicatrizes depende do grau de flacidez e de excesso de pele de cada pessoa..

Pós-operatório
A paciente deve usar uma malha para sustentar os braços por 2 semanas. Se a paciente só fez a lipoaspiração, estará liberada para suas atividades normais a partir do 10º dia. No caso da braquioplastia, isolada ou associada à lipo, só depois de 30 dias. Não pode dirigir, carregar peso ou levantar os braços, durante um mês.

Para mais informações sobre o procedimento faça o download do arquivo em PDF.

Veja também: